quinta-feira, agosto 28, 2008

VERBOS SUJEITOS (by Zélia Duncan)




Olhos pra te rever

Boca pra te provar

Noites pra te perder

Mapas pra te encontrar

Fotos pra te reter

Luas pra te esperar

Voz pra te convencer

Ruas pra te avistar

Calma pra te entender

Verbos pra te acionar

Luz pra te esclarecer

Sonhos pra te acordar

Taras pra te morder

Cartas pra te selar

Sexo pra estremecer

Contos pra te encantar

Silêncio pra te comover...

Música pra te alcançar...

Refrão pra enternecer...

E agora só falta você

Meus verbos sujeitos ao seu modo de me acionar

Meus verbos em aberto pra você me conjuga

Quero...vou...fui...não vi...voltei...

Mas sei que um dia de novo eu irei

segunda-feira, agosto 11, 2008

HÁ MOMENTOS (by Clarice Lispector)

Imagem disponível em: http://4.bp.blogspot.com/_XEUV_1i2QXw/SA9L3J_2YfI/AAAAAAAAACk/bOS3j1-01zA/s1600-h/abraço.jpg

Há momentos na vida em que sentimos tanto

a falta de alguém que o que mais queremos

é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.

Seja o que você quer ser,

porque você possui apenas uma vida

e nela só se tem uma chance

de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.

Dificuldades para fazê-la forte.

Tristeza para fazê-la humana.

E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizesnão têm as melhores coisas.

Elas sabem fazer o melhor

das oportunidades que aparecemem seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.

Para aqueles que se machucam.

Para aqueles que buscam e tentam sempre.

E para aqueles que reconhecem

a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante

é baseado num passado intensamente vivido.

Você só terá sucesso na vida

quando perdoar os errose as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar

duram uma eternidade.

A vida não é de se brincar

porque um belo dia se morre.

quinta-feira, agosto 07, 2008

SOCORRO... (by Rê Michelotti)

Como diria Raul Seixas:
"Por favor, parem o mundo que eu quero descer!"