sexta-feira, janeiro 14, 2011

O Inferno é Aqui (by Rê Michelotti)

Imagem disponível em Google Images

A gente não precisa ir a lugar algum para descobrir onde é o céu ou onde é o inferno, ambos estão aqui neste mundo mesmo.
Todas as coisas boas, os momentos de intensa alegria, satisfação, plenitude, amor, paixão, prazer... Todos estes são um pouco do céu e provamos sua existência por aqui mesmo. Da mesma forma, o inferno é também aqui e não lá... E o comprovamos nos momentos de dor, angustia, solidão, desilusão e desamparo.

Certa vez ouvi uma frase que me marcou muito... Lembro-me daquele momento como se fosse hoje, onde durante a leitura de uma mensagem, juntamente com as orações e preces típicas da noite de Natal eu ouvi o seguinte:

“Às vezes a gente pede muito alguma coisa para Deus e ele demora a nos atender e a fazer nosso pedido se realizar ou até mesmo, não permite acontecer. Aí a gente fica bravo, não aceita que não tenhamos sido ouvidos ou atendidos em nossos pedidos. Mas na verdade não deveríamos agir assim... É preciso acreditar que Deus sabe o que está fazendo. Se nosso pedido ainda não aconteceu é porque não chegou à hora... E se esta não chegar, é porque certamente não era o melhor para nós, ainda que acreditássemos que sim. É preciso ter fé cega, acreditar e esperar pelo nosso momento. Quando e como acontecer será o suficiente para entendermos porque tinha que ser assim, do jeito que Deus escolheu e não do nosso... Para o nosso bem, mesmo que a gente pense que não, é assim que tem que ser”.

Fico eu aqui agora pensando mais uma vez sobre isso... E percebo o quanto minha fé a muito tempo anda abalada... A muito me falta.

Eu não sou do tipo que passo dia e noite pedindo coisas para Deus como se achasse que eu sou a única pessoa nesse mundo que precisa de ajuda... Pelo contrário, em geral me restrinjo a dirigir-me a ele para agradecer algo. Não sei pedir a Deus, acho que é isso. Penso que tem tanta gente precisando de tanto para ele ter que ficar ouvindo meus pequenos dramas pessoais. E talvez, seja justo aí que tenho perdido minha ligação com esse ser inanimado e divino... Me distanciado mais e mais da fé e de tudo que está relacionado a ela.

Tenho sido tomada por uma sensação de extremo cansaço... Chega uma hora que a gente cansa de pedir, a gente cansa de esperar... Aí a gente perde a fé, e sem fé, se vai nossa esperança... Sem esperança, perde-se tudo. E se não há o que esperar, se não há pelo que brigar, nada mais nos vem a mente do que a vontade de sumir do mapa. Ainda que por um breve momento, até que se descubram novas coisas pelas quais se pode esperar!

Quanto tempo é esse que devemos esperar para que as coisas que precisamos/desejamos nessa vida aconteçam?! Não estou pedindo nada absurdo... Eu só quero equilíbrio, eu só quero paz. Nada que vá muito além disso. Será que isso é pedir demais?!

Estou cansada de esperar, e pior, não sou o tipo que vai ficar esperando... ‘’no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar...” ( “Ouro de Tolo”- Raul Seixas). Eu tenho o péssimo hábito de não aceitar qualquer coisa e ponto final. Se é bom ou ruim ainda não sei, mas é certo que eu não me acomodo simplesmente porque é isso que tem para hoje, que é isso que a casa oferece. Daí não sou eu! Sofro, esperneio... Alguns vão dizer que isso não resolve. Ok, não resolve, mas não consigo ser indiferente ao que me acontece ou deixa de acontecer. Tem algum sangue correndo em minhas veias... E não é nada frio!

Essa sensação de que quanto mais se corre mais distante se está... Isso me consome pouco a pouco! Estou perdida, sufocada e não consigo ver a saída... Hoje me parece que o inferno é aqui... Aqui, dentro de mim!

2 comentários:

  1. Olá querida !!

    Muito profunda a sua reflexão e me identifiquei bastante !
    Embora na maioria das vezes eu , depois de um tempo acabe mesmo vendo que deus sabe mais do que eu e me dá as coisas em seu devido e perfeito tempo, geralmente me pego praguejando e até ficando "de mal" com ele... passei meses sem sequer rezar, porque estava revoltada com o que estava acontecendo e me sentia impotente diante do Inferno que se instalou...
    Também não curto ficar pedindo e das poucas vezes eu o fiz, me senti até fútil, por pedir algo simples enquanto muitos pedem por coisas tão mais relevantes... Mas agora penso assim, cada um sabe do seu drama e isso pra mim agora, seria o céu ! assim, peço e faço a minha parte, porque assim como você não gosto de depender de ninguém e que fazer acontecer... e talvez seja este imediatismo que nos deixe este caos no coração ;)
    Adorei sua postagem ! Um beijo

    ResponderExcluir
  2. OS ANJOS E OS DEMÔNIOS ESTÃO NOS CORAÇÕES DOS HOMENS

    Sou ateu, não propriamente por não acreditar em Deus, mas por não acreditar em religião alguma. Quanto a Fé acho que é conveniente para o ser humano justificar suas esperanças em algo maior.
    Gostei desse seus espírito inquieto, esperar por Deus, não deve ser uma coisa que o Ele admire no ser humano, no entanto se você acredita em algo, se apegue a isso, não o deixe fugir, agarre-o com todas as forças, e se cair, vai perceber que não esta sozinha, alias:
    "As idéias estão no chão
    você tropeça e acha a solução"
    -Titãs-
    O Céu e o inferno estão aqui, por tras de cada gesto,de cada palavra, de cada parede, na esquina e nos seus olhos...
    Enfim, como diz um velho conhecido nosso:
    "Ri melhor, quem ri mais alto"

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para deixar seu comentário, sua participação é sempre muito bem vinda ;)