sexta-feira, maio 06, 2011

A Cereja do Bolo II (by Rê Michelotti)



Imgem: Google Image

Uma das piores sensações que já experimentei é aquela onde você numa longa discussão, enche seu melhor amigo ou amiga de idéias, sugestões, tenta dar caminhos alternativos para resolver um problema, sair de uma fria... E ele?! Ele te escuta, concorda... e não faz NADA, como se estivesse esperando que você não só desse as idéias, mas também resolvesse na prática tudo para ele. Ele, Nada!!!

Passam-se uns dias, meses até, e ele vem até você contando como uma grande novidade, que tinha conversado com não sei quem, e tal pessoa tinha dado mil idéias inovadoras e agora, ele tinha a saída!!! Detalhe, ele não lhe conta nenhuma novidade... Apenas repete tudo que você havia dito a ele anteriormente. É como se você fizesse um bolo gigante, cheio de coisas boas... mas fosse o responsável apenas por ter colocado a cereja que esta enfeitando o bolo. Parece que enquanto você falava, a pessoa estava com tanta pena de si mesmo, tão vitimada por ela mesma, tão egoísta... Que mesmo que o pedido de conselho tenha partido dela, ela é incapaz de ouvir de verdade o que você tem a dizer e tomar alguma atitude! É dose ter que aguentar!!!

Um comentário:

  1. Anônimo1:28 AM

    Colocar cereja é fácil, mas tem pouco valor. O difícil mesmo é preparar a massa, saber esperar o tempo certo para sovar, para deixá-la crescer, para dosar corretamente os ingredientes, para fazer um bolo que seja apreciado por todos. E é isso que tem valor. É isso o que eu realmente penso que deve ser valorizado. Bjus. Al.

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para deixar seu comentário, sua participação é sempre muito bem vinda ;)