domingo, janeiro 29, 2012

Pensamentos [des] Organizados (by Rê Michelotti)

Imagem: Google Image

Hoje meus pensamentos se opõem ao movimento do relógio...
Mente a mil e horas que não passam.
Sinto uma paz insatisfeita que me inquieta...
O abismo do vazio crescente é inevitável.
Tento esquecer, mas não dá...
Sinto falta até mesmo do que já me incomodou.
Vai entender...

Às vezes as coisas simplesmente acontecem...
E nem sempre do jeito que gostaríamos que fosse.
Talvez buscar explicações driblasse o tempo lento e a mente inquieta...
Mas tenho aprendido que nem tudo se explica: acontece e ponto.
Aceitar ou não depende de cada um...
Mas há situações em que nada alterará os estado imóvel das coisas.
Algumas vezes é preciso ver como se estivéssemos do lado de fora de nós mesmos...

Talvez não tenha sido por mal...
Mas não me fez bem. Será que fez para alguém?!
Estou tentando aceitar as coisas como têm sido...
Sem grandes questionamentos, apenas deixando estar, deixando me levar.
Cansei de relutar e insistir em determinadas coisas...
Estou aqui, deixando acontecer, e isso é tudo.

Ah o tempo! Às vezes lento...
Mas quando o tempo e a hora certa chegam, tudo passa e se esclarece.
Coisas que acreditávamos ter perdido, apenas tínhamos nos livrado...
E como nada acontece por acaso, ganhamos algo muito melhor!
A vida é cheia de surpresas...

E é isso que a deixa mais interessante e menos tediosa.
Por isso é importante deixar a poeira baixar, o tempo passar e à hora certa chegar...
E quando a hora e as coisas certas chegarem com aquela cara de surpresa, vai ser tão simples: Basta abraçá-las!

( E como diz o autor ACM: "O que é a poesia se não um monte de palavras soltas a esmo, devaneios em uma folha de papel, paixão, dor, sentimentos e descontrole. Pensamentos tortos de um autor transtornado ou arte singular inigulável restrita a mentes superiores?" Ou poesia são devaneios meio organizados e nada mais? Tanto faz, se for para te deixar melhor!!! Eu não sei ser poeta...rs)